segunda-feira, 30 de agosto de 2010

NOVA GÊNESE

com toques sensíveis
em teus seios cheios
o mundo do teu corpo
estremece em dádiva
nas minhas mãos.
e eu quero mais :
como um deus
que reinventa a criação
quero - nova cosmogênese -
a plenitude do universo
do teu coração
expandido para dentro
do meu coração.



Palmares, maio/2001.

Nenhum comentário:

Postar um comentário