domingo, 30 de julho de 2017

CRIADOR E CRIATURA







                                                                                    para Roberta Malta 



o poema tem corpo e alma 
cidadania e identidade  
(embora seja de outro mundo) 
uma voz de pronúncia certa 
palavras exatas sem medida 
a verdade no coração 
ardendo o seu sangue 
e o olhar de um instante 
eternizando os séculos  
sabe o que diz por sentir 
que o amor não é uma ciência  
e a vida é só passagem 
da humanidade para a luz.  



(casa amarela, recife / 
15 de novembro 2007) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário